Início Bem estar Se os jogadores da selecção fizessem acupunctura como seria?!

Se os jogadores da selecção fizessem acupunctura como seria?!

227
0

Para o dizer, tenho antes que explicar, muito sucintamente, onde, no nosso corpo, actua a acupunctura…
A comunicação entre os neurónios é feita por meio de neurotransmissores (substâncias químicas de extrema importância no funcionamento de todo o organismo), que são impulsionados de neurónio em neurónio através da fenda sináptica que os separa. Devido à variação de polaridade da membrana do neurónio, é gerada actividade eléctrica que se propaga ao longo da cadeia que eles constituem até ao encéfalo ou até às células dos tecidos do corpo. Somos assim compostos por uma complexa e maravilhosa rede de comunicação eléctrica e química, onde há locais que têm uma diferença de potencial maior, o que significa que, quando estimulados, provocam efeitos notórios sobre o organismo! Não é à toa que o toque em determinados pontos é mais ou menos agradável do que no resto do corpo!
Assim se explica que o estímulo de determinados pontos promove a produção de certos neurotransmissores… essas substâncias “mágicas” que podem ajudar os nossos jogadores a ser ainda mais eficientes em campo!
Então o que aconteceria aos jogadores de Portugal com o estímulo de pontos por acupunctura? Produzia-se mais daquilo que precisam para o rendimento desportivo ser ainda maior:

  • Serotonina, conhecida como o neurotransmissor do bem-estar, deixa os atletas optimistas e reduz os níveis de ansiedade até na final, e em penaltis!
  • Acetilcolina, que controla áreas do cérebro relacionadas com a atenção e a aprendizagem, para que não percam o foco!
  • Dopamina, que controla a actividade motora, para as fintas serem perfeitas, e estimula o sistema cardiovascular, para aguentar prolongamentos sem problema.
  • Glutamato, que estimula áreas também de aprendizagem e memória a longo prazo, para nunca se esquecerem do que lhes diz o Fernando Santos.
  • Noradrenalina, esse famoso estimulante, a melhor indução de excitação física e mental, promove o bom-humor e é mediadora de batimentos cardíacos, pressão sanguínea, taxas de glicose, e outros factores que condicionam o rendimento físico… o desempenho desportivo ganha outro nível.
  • Encefalinas e endorfinas, opiáceos que o nosso organismo produz e modulam a dor… venham as entradas a pés juntos que aguenta-se tudo!

Além disto tudo, na preparação pré-competição, eu ainda lhes aplicava electroestimulação em pontos-chave, para aumentar o tónus muscular e a potência dos remates ganha outra dimensão!
Concluindo: se os jogadores da nossa selecção fizessem acupunctura, havia ainda mais probabilidade de nos fazerem mais felizes a todos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva o seu comentário
Por favor, coloque o seu nome aqui